domingo, 19 de outubro de 2008

10 FRASES MARCANTES DO CINEMA



Segundo a opinião do www.multiverso.net


10ª frase


“E.T. phone… home…/ ET telefone…minha casa…” (E.T. O extraterrestre, 1982)


A minha décima colocada vem do ET de cabeça quadrada mais bacana da história do cinema. Quem não se emocionou com o ET cabeçudinho e seu amigo Eliot fazendo várias bugigangas para que ele pudesse voltar para sua casa, entre elas um telefone, e foi daí que o ET pronunciou a sua grande frase que ficaria para a história: “ET telefone… minha casa…”. Que época legal em que o titio Spielberg era gente boa, e fazia filmes para crianças e suas famílias.

9ª frase


“My precious… / Meu precioso…” (Senhor dos Anéis, 2001)


A minha nona colocada foi dita por outro personagem fantástico, criado por Tolkien, e que Andy Serkis emprestou seu corpo e sua voz para dar-lhe vida na trilogia de cinema O Senhor dos Anéis. Quando escutamos falar do filme logo lembramos do mostrengo do Gollum com o “um anel” na mão pronunciando a sua frase clássica “My precious…”, e que atire a primeira pedra quem nunca imitou o pobre Sméagol…

8ª frase


“RoseBud… / RoseBud…” (Cidadão Kane, 1941)


A oitava colocada foi pronunciada por ninguém menos que Charles Foster Kane, interpretado pelo grande ator e diretor Orson Welles, sua frase (tá bom eu sei que não é uma frase, mas sim uma palavra) é tão clássica que, só para vocês terem uma idéia, ela já foi parodiada até pelo Tiny Toons. “Rosebud”, a palavra mais enigmática do cinema…grande Welles, fez um dos maiores filmes da história do cinema, que infelizmente foi sua ruína.

7ª frase


“I’m going to make him an offer he can’t refuse / Farei uma oferta que ele não irá recusar” (Poderoso Chefão, 1972)


Marlon Brando, com uma maestria que só os grandes têm, disse essa frase clássica como Vito Corleone para seu afilhado Johnny Fontane, que gostaria de trabalhar num filme, mas o diretor não o queria como ator. Brando termina o diálogo com essa frase linda “Farei uma oferta que ele não irá recusar”. Dias depois o direto amanheceu com a cabeça de seu cavalo favorito por sobre a cama em que dormia. Um monte de gente conhece a frase mesmo sem ter assistido ao filme, e sempre repete quando pode (pelo menos eu repito). Por isso ela é minha sétima colocada.

6ª frase


“Are you Talkin’ to me? / Ta falando comigo?” (Taxi Driver, 1976)


A minha sexta colocada foi dita por De Niro interpretando o psicopata Travis Bickle, em frente a um espelho, mostrando como ele era macho, essa frase foi muitas vezes reproduzida em outros filmes, e é repetida sempre que alguém quer imitar o De Niro. Quando você tiver tempo, pare em frente a um espelho e diga, “Tá falando comigo?”, e verá como é bom! E olha que a frase nem tinha no roteiro, o cara (De Niro) teve uma idéia fantástica.

5ª frase


“Totó, I’ve got a feeling we’re not in Kansas anymore / Totó, acho que não estamos mais no Kansas” (Mágico de Oz,1939)


A quinta colocada vem da guerreira Judy Garland que aos dezessete anos teve que interpretar uma menina de doze. O Mágico de Oz tem muitas outras grandes frases, como essa “Não há lugar melhor como o nosso lar”, então já da para ver que foi difícil escolher, mas para mim “Totó, acho que não estamos mais no Kansas” é mais legal, por isso ela foi a grande escolhida, toda vez que estou num lugar estranho me vem sempre essa frase na cabeça.

4ª frase


“Klaatu Barada Nikto” (O dia em que a Terra parou, 1951)


Lembro-me logo de Bruce Campbell em “Army of Darkness” zoando essa frase, (só podia ser o Sam Raimi), quando o ator Michael Rennie, interpretando um alienígena, a usa para parar o robô Gort. Essa frase é clássica e muito querida entre os fãs de ficção cientifica, por isso ela é a minha quarta colocada.

3ª frase


“All Those… moments will be… lost… in time… like…tears… in the rain…time … to die / Todos aqueles… momentos ficarão… perdidos… no tempo… como… lágrimas… na chuva…é hora…de morrer” (Blade Runner, 1982)


Ver o Hutger Hauer interpretando Roy Betty é como ver uma pintura barroca, o cara destruiu, até apagou um pouco do brilho de Harrison Ford neste filme, ainda mais na cena que culmina com essa frase, quando os dois estão no telhado e a chuva cai sobre os seus corpos. Roy Betty depois de falar de suas experiências em outras galáxias, planetas etc. Termina em um tom melancólico com a frase “todos aqueles… momentos ficarão… perdidos… no tempo… como… lágrimas… na chuva…é hora….de morrer”.

2ª frase


“My Name is Bond, James Bond / Meu Nome é Bond, James Bond” (James Bond, Contra o satânico Dr. No, 1962)


Sean Connery foi o primeiro dizer, mas já houve muitos depois dele, e ainda não perdeu a graça, a frase “Meu nome é Bond, James Bond”, só poderia ficar em segundo lugar, perdendo apenas para a próxima. O Bond é o cara! Quem nunca brincou imitando o agente mais famoso dos cinemas, usando seu próprio nome no lugar de James Bond?

And the winner is:


“Luke, I am your father / Luke, eu sou seu pai” (Star Wars, O Império Contra-Ataca,1980)


A primeira colocada, eu não preciso dizer nada sobre ela, mas vou dizer assim mesmo, e olha que essa foi muito difícil, pois tinha a grande frase “Que a força esteja com você” da mesma série de cinema concorrendo com ela, mas a do Vader é muito mais legal e dramática. Ela fez muita gente nos anos oitenta cair da cadeira, ao descobrir que o grande vilão era o pai do mocinho. A frase “Luke, eu sou seu pai” dita no Império Contra-Ataca (melhor filme da saga), é somente a mais repetida entre os Nerds de todo o Mundo. Porque Nerd que é Nerd de verdade, já repetiu isso pelo menos uma vez, por isso ela só poderia estar aqui em primeiro lugar.

Menções honrosas a estas frases que também são boas, mas não conseguiram entrar entre as dez mais:

“Vamos precisar de um barco maior” - Tubarão

“Nós somos os cavaleiros que dizem NI” - Monty Python e o Cálice Sagrado

“Trabalho sem diversão faz de Jack um bobão!” - O Iluminado

“I’m singing in the rain” - Cantando na Chuva

“Você é a doença, e eu sou a cura” - Stallone Cobra

entre muitas outras…

←  Anterior Proxima  → Página inicial
Postar um comentário