quinta-feira, 16 de abril de 2009

SEU BLOG É VOCÊ



Eu estava lendo este post do Contraditorium (Escrito pelo Cardoso, mas eu não ia me referir ao post como “Post do Cardoso”, pra fingir que conheço o cara e sou amigo dele, como muita gente faz por ai com blogueiros mais famosos), e depois li este post do Kid no Hbdia (Desta vez eu conheço o cara sim, ele até me deu uma mãozinha com o lay out daqui, por isso que está linkado nos banners), e pensei sobre o fato que ambos dizem não ser importante os números que seus blogs e Twitters alcançam. Bem... eu particularmente estou dividido a respeito da questão. Por um lado acho que pra quem tem vida real, êxitos da internet não são assim tão importantes.

Mas... Por outro lado...Quem diz que visitação de blogs e Twitters não influi em nada, já parou para pensar qual é matéria prima dos Blogs e do Twitter???

E aí? Pensou? Pois é. A matéria prima cujo conteúdo é julgado é VOCÊ p*rra! Os blogs, na maioria dos casos tratam de sua vida, sua experiências, e caso não falem de você, provavelmente  falam de assuntos de seu conhecimento.

O que é colocado na rede, nada mais é que partes de sua consciência traduzidas em letras e palavras. O que tem em um blog nada mais é que uma amostra grátis de você.

Só pra exemplificar: Por meio de Blogs sabemos que o Tabet tem senso de humor, que o Kid gosta de ser do contra, que o Cardoso trabalha com publicidade e que o Fabião é um pu*a azarado. Se isso não é um vislumbre de uma pequena parte do que eles são, o que mais seria?

Quando clico em um banner de um blog, estou apostando uma parcela de meu interesse na pessoa que o escreveu, uma vez que poderia estar lendo outra coisa naquele momento. É como dar atenção a alguém em uma festa. A pessoa mais interessante sempre será cercada de convidados, enquanto quem não tem assunto, não tem nada de interessante para dizer, ou mesmo é tímido para se mostrar, fica de canto. Organização social básica. Mesmo que tentemos mentir de montão no blog, parte do que somos transparecerá. E isso será julgado pelas massas que voltarão todo dia ou jamais abrirão nosso blog de novo.

Então, eu sempre costumo franzir as sombracelhas quando algum blogueiro (Especialmente os grandes) dizem que não sem importam com a visitação. P*rra, se é parte de você que ta na tela, ter baixa visitação é passar atestado de mediocridade. Ninguém quer ter noção de quanto é irrelevante para o mundo e mesmo para a espécie humana, e um blog ou twitter com números gordos atenua nossa sensação de que somos pequenos mas, por outro lado, um blog com visitação zero quase que prova que a pessoa que o escreveu, na melhor das hipóteses não tem nada de interessante pra dizer, e na pior, tem um cotidiano absolutamente mundano sem nada de extraordinário. E todos gostam de fantasiar que são mais importantes do que realmente são. Ter uma prova empírica da própria mediocridade não faz bem pro ego de ninguém.

Por isso digo amigos, preocupem-se com os números dos seus blogs sim. Na escola, todo mundo queria ser o menino ou menina mais popular. É uma ilusão que com nosso crescimento físico e com nosso acesso à tecnologia este desejo diminuiu. Muito pelo contrário. Ele só aumentou.

Ter um blog bichado não vai acabar com sua vida. Mas pode provar que ela não é lá muito interessante.
←  Anterior Proxima  → Página inicial
Postar um comentário