quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

BALELA DO TRABALHO EM EQUIPE



Hoje em dia, tudo que é vaga de emprego tem o pré requisito de "Ser uma pessoa de equipe", ou "trabalhar bem com os outros.

É como se um único indivíduo jamais pudesse fazer a diferença (Rosa Parks Q?), ou que individualidade e pensamento crítico fossem defeitos. É o apíce da coração da vaquinhas de presépio que não sabem pensar por si mesmas. Parece que tudo mundo esqueceu que não foi uma comissão quem pintou a monalisa e que a teoria de relatividade não foi bolada em uma reuinão de Brainstorm. São grandes coisas que foram feitas individualmente por pessoas extraordinárias que jamais desabrochariam dentro de uma equipe.

Se você trabalha em um lugar onde o pessoal  precisa interfonar para alguém para autorizar uns 20 Xerox, pode se preocupar. A criatividade e a iniciativa morreram ali faz tempo.

Mas nem é esse o maior problema do trabalho em equipe. O  grande problema é cometer a sandice de juntar pessoas diferentes, que estudaram em locais diferentes, vivem vidas diferentes, tem religiões diferentes e principalmente que acreditam em coisas diferentes e esperar que dali saia algo minimamente coeso. Mais fácil atrapalharem e sabotarem uns aos outros, e geralmente é o que acontece.

Estar em uma equipe pode dar muito certo se tudo o que você precisa fazer é acertar uma bola em um cesto ou decorar uma coreografia. Mas para atividades realmente complexas, o melhor é deixar o pessoal ter individualidade. Nada é pior que tentar fazer algo que você sabe no ritimo de outra(s) pessoa(s), e arrisacar que outro receba o crédito caso algo dê certo.

Ecredito fielmente que essa mania de equipe que vivemos hoje em dia mais prejudica que ajudar. Relacionamento interpessoal extremo é coisa de quem não sabe fazer nada sozinho. E ponto final. Se você se basta, uma equipe pode te ajdar sim, mas se você não se bastar sem uma equipe, também não se bastará com ela.

E esse é o maior calcanhar de aquiles da maioria das equipes modernas. Para uma equipe funcionar, você precisa de indivíduos que já saibam resolver a parada sozinhos, mas, se você já tem quem resolva sozinho, pra que montar uma equipe?

Paradoxo, e fracasso, equipe é teu nome.
←  Anterior Proxima  → Página inicial
Postar um comentário