domingo, 4 de setembro de 2011

IDEOLOGIA ESTRANHA



Tirar fotos por baixo de saia não é crime, diz Justiça dos EUA
A Justiça de Oklahoma, nos Estados Unidos, decidiu nesta quarta-feira (12) que um homem acusado de fotografar por baixo da saia de uma adolescente de 16 anos sem que ela percebesse, dentro de uma loja na cidade de Tulsa, não cometeu nenhum crime, segundo o site da Tv Fox News.
 
Riccardo Gino Ferrante foi preso em 2006 por ter colocado uma câmera por baixo da saia da garota para tirar fotos. Ele foi acusado de “estar em um lugar em que existe expectativa de privacidade” (conhecido por estatuto ‘peeping tom’, em inglês), mas um juiz já havia negado o crime em janeiro.

A corte criminal do estado negou agora o apelo da acusação, concordando com a análise do juiz de que “mulheres que desejarem usar vestidos devem saber que não há expectativa de privacidade a não ser nas partes cobertas pela roupa”.

Um promotor do estado disse que vai ser discutida a possibilidade de mudar a lei que permite este tipo de ação.
Fica difícil dizer se essa foi uma decisão liberal ou conservadora.

←  Anterior Proxima  → Página inicial
Postar um comentário