sexta-feira, 12 de junho de 2015

10 MORTES CHOCANTES DOS QUADRINHOS



Sem dúvida, você já ouviu a expressão "Você não sabe o que você tem até que você perde." Podemos dizer a mesma coisa com personagens de quadrinhos. Com personagens como Superman, que este por ai desde 1938, e Batman, que atualmente está celebrando seu 75º aniversário, parece que eles viverão para sempre. Mas às vezes tudo muda! Em julho de 2014, os editores dos quadrinhos do Archie anunciaram que vão matar o personagem de 73 anos de idade Archie Andrews, tornando o adolescente perpétuo a mais recente vítima das mortes nos quadrinhos. As pessoas levam seus personagens de quadrinhos muito a sério. Leitores gastam muito tempo lendo histórias em quadrinhos. Algumas mortes nos quadrinhos foram totalmente inesperadas. Outras causaram indignação e raiva entre os fãs, mas não se deve levar tudo muito a sério pois ninguém verdadeiramente permanece morto  muito tempo nas histórias em quadrinhos.


1 - A X-Men que matou 5 bilhões de pessoas
Os X-Men são mutantes favoritos dos quadrinhos. Talvez a morte nos quadrinhos que causou mais furor foi a morte de um membro fundador dos X-Men a ruiva Jean Grey (que foi originalmente chamada de Garota Marvel, e mais tarde se tornou a Fênix Negra.) Jean Grey tornou-se a Fênix ao salvar os outros X-Men assumindo o controle de um ônibus espacial no meio de uma tempestade de radiação interestelar em X-Men #101 e após a queda do ônibus espacial na costa da Flória Jean saiu da água como um ser extremamente poderoso. Durante a clássica saga da Fênix Negra, Jean lutava para conter o poder da Fênix que ameaçava tomar conta de sua personalidade. Ela acabou se tornando a Fênix Negra e acabou destruindo uma estrela em um sistema solar distante, matando mais de 5 bilhões de pessoas que viviam em um planeta que orbitava a estrela. Momentaneamente livre das garras da Fênix Negra, Jean Grey se suicidou em frente ao amor de sua vida, Scott Summers / Ciclope na edição de março de Uncanny X-Men # 137. O terceiro filme dos X-Men, foi vagamente baseado na saga da Phoenix Negra mas com Wolverine em vez de Ciclope como o interesse amoroso de Grey. (Hugh Jackman? Jean Grey, retornou da morte na revista dos Vingadores anos após sua "morte". Na ocasião foi explicado que a real Jean nunca se tornu a Phoenix. Enquanto Jean Grey estava em um casulo, a Força Phoenix tomou essencialmente seu lugar e acabou tão convencida de que era a verdadeira Jean, que assumiu sua personalidade personalidade e veio a sacrificar a sua própria vida.



2 - Será que o Homem-Aranha matou sua namorada?
Em 1965, Stan Lee criou uma namorada para o Homem-Aranha (Peter Parker) para rivalizar com seu interesse amoroso na época (E até hoje) a ruiva atrevida, Mary Jane Watson. Esta namorada se chamava Gwen Stacy. Por cerca de 100 edições, Parker teve um relacionamento com a loira de longos cabelos. Quando escritor Gerry Conway assumiu o cargo de roteiristra em Amazing Spider-Man, ele decidiu tirar Stacy de campo. Muito pelo chocando muitos leitores, Gwen Stacy morreu em 1973, na edição chamada "A morte de Gwen Stacy". Gwen foi lançada do alto de uma ponte em Nova York, durante uma luta entre Homem-Aranha e seu arqui-inimigo, Duende Verde. Pouco antes de Gwen atingir o solo, as teias do Aranha a alcançam, e o Homem-Aranha a puxa para cima. Ele sussurra, "Eu te salvei", mas logo descobre que ela está morta, tendo morrido pelo choque com a queda. O Duende sobrevoa e grita, "idiota romântico! Ela estava morta antes de sua teia alcança-la! Uma queda daquela altura mataria qualquer um antes que bater no chão!" O debate tem se intensificado desde então. Será que o Duende Verde matou Gwen Stacy ou o próprio Homem-Aranha matou-a acidentalmente por ter quebrado seu pescoço tentando salva-la?



3 - DC Comics mata o homem mais rápido do mundo
A chegada do flash em quadrinhos iniciou a Era de Prata dos heróis da DC Comics, o que resultou na renovação de personagens como Lanterna Verde e Liga da Justiça. A Liga da Justiça inspirou Stan Lee e Jack Kirby para criar o Quarteto Fantástico, o que levou à criação de inúmeros personagens da Marvel Comics, incluindo os Vingadores, Homem-Aranha, os X-Men, o Hulk... Com anos de histórias em quadrinhos se desenrolando, vão também ocorrendo as desordens. Em 1985, haviam tantas terras e realidades alternativas, que a DC Comics decidiu começar tudo de novo por e se livrar de alguns personagens, resultando na mini série Crise nas Infinitas Terras, estrelada por praticamente todos os personagens conhecidos do universo DC. Apesar de ter apagado alguns personagens junto com seus respectivo universos e de ter mostrado a morte da Supergirl, o ápíce desta mini-série é a morte do Flash Barry Allen. Ele morre ao proteger terra em uma briga com o Anti-Monitor que esta apagando o tempo. Este foi um grande passo para a DC. O Flash Barry Allen foi um dos maiores super-heróis da DC estando no panteão junto com Superman, Batman e Mulher Maravilha. Após a morte de Barry, Kid Flash (Wally West) assume o manto de ser o Flash. O que é realmente chocante é que Barry permanece morto por 20 anos! Isso é uma vida em anos de histórias em quadrinhos. Barry Allen é atualmente o Flash novamente no universo DC e reapareceu na mini-série "Os novos 52" que novamente reorganizou o universo DC agora com 52 realidades alternativas.



4 - DC mata o Homem de Aço e 2,3 milhões de cópias são vendidas
Após os eventos de Crise nas Infinitas Terras, a DC reiniciou a sua continuidade e relançou o Superman em 1986. Na década de 1990, a popularidade dos quadrinhos subiu com a ajuda dos X-men. Em Superman # 75, parecia Superman iria sair do jogo. Nessa edição, o Superman lutou contra a máquina de guerra aparentemente invencível conhecida como Apocalypse.  Ambos morreram praticamente ao mesmo tempo. Em um dos painéis históricos da Comicdom, Superman morre nos braços de Lois Lane. Na ausência de Superman, quatro super-homens diferentes aparecem: Um ciborgue Superman, um Superboy, um Super-Homem Afro-americano (conhecido como Aço) e o Erradicador. Mas mesmo com 4 Super Homens à disposição você não pode manter o mais antigo e  talvez o mais icônico personagem de quadrinhos morto por muito tempo. O único e verdadeiro Superman voltou para as páginas dos quadrinhos depois de se recuperar na Fortaleza da Solidão. Superman voltou tão forte como sempre foi e que ostentando um cabelo mais longo. Ele não cortou seu cabelo até pouco antes de se casar com Lois Lane. Superman # 75 recebeu extensa cobertura da mídia. A edição que incluiu uma braçadeira preta, foi um enorme sucesso, vendendo entre 2,5 e 3 milhões de cópias.



5 - Santa morte Batman! Robin está morto!
É tipo manteiga de amendoim sem geléia, Garfunkel sem Simon e, acima de tudo, Batman sem Robin. Depois de anos sendo o Robin original, Dick Grayson cresceu e voou por assim dizer. Batman treinou um novo rapaz pelo nome de Jason Todd para se tornar o segundo Robin. Aparentemente, este novo Robin tinha um pavio curto e em uma luta contra o Duas-Caras, tentou estrangulá-lo. As mudanças de humor de Jason Todd e seus comportamentos violentos não desceram muito bem para os leitores. Em 1988, a DC Comics decidiu que estava no hora de o Batman a voar sozinho novamente. A empresa de quadrinhos fez uma de suas decisões mais amplamente divulgados e controversas: um número tipo 0800 de telefone foi usado para pesquisar fãs e decidir se Jason Todd deveria viver ou morrer. Os fãs votaram pela morte de Jason por uma pequena maioria 50,34% em uma votação que teve como placar 5343 a favor da morte e 5271 contra. Nas mãos do Coringa, Jason Todd virou poeira. Ou não? Em 2002, durante a mini série Silêncio, o terceiro Robin, Tim Drake foi seqüestrado. Batman confronta o seqüestrador apenas para descobrir que era um Jason Todd já adulto. Acontece que Jason estava chateado porque Batman não vingou sua "morte" e tem sido um espinho desde então, como personagem Capuz vermelho.



6 - A Marvel Comics matou o seu maior super-herói, o Homem-Aranha!
Para a 700º e última edição de The Amazing Spider-Man, como a Marvel iria comemorar? Simples matando o personagem principal da revista. Para adicionar insulto à injúria, a edição foi lançada apenas alguns dias antes do 90º aniversário do criador do Homem-Aranha, o Stan Lee! Embora o corpo do Aranha não morra na edição, sua consciência aparentemente morre. Um de seus arqui-inimigos, Dr. Octopus, invade o corpo do Homem-Aranha. Lee explicou como ele lidou com a morte de uma de suas mais queridos criações de dizer ao New York Daily News : "Isso é presente de aniversário para mim, mas, em seguida, uma pequena voz na minha cabeça sussurrou: "nunca diga nunca". Logo depois, Peter Parker voltou para a terra dos vivos na renovada Amazing Spider-Man # 1 bem a tempo para o lançamento do segundo filme do homem aranha. Essa não é a primeira vez o cabeça de teia morreu. Em 2011, na mini série Peter Parker / Homem-Aranha ele morreu e foi substituído por um adolescente americano Afro-Latino.



7 - O super-herói que ficou morto por mais de 50 anos ...Ou não.
Bucky Barnes foi para o Capitão América o que o Robin era para o Batman, seu mais próximo aliado, amigo e confidente. Durante a Segunda Guerra Mundial, a dupla lutou contra bandidos e nazistas, mas Bucky desapareceu próximo do fim da guerra e, presumivelmente ficou morto por décadas, enquanto o Capitão América estava em animação suspensa e voltou anos depois posteriores à ação. Acontece que, Bucky não morreu. Ele foi achado pelos russos e sofreu lavagem cerebral. Barnes foi reprogramado para se tornar um assassino soviético chamado Soldado Invernal. O Capitão América e o Soldado Invernal lutaram entre si enquanto Barnes tentava se apoderar de um objeto de grande poder, o Cubo Cósmico. Uma vez que o Capitão América usou o Cubo Cósmico para restaurar as memórias de Bucky. Bucky, em seguida, destruiu o cubo e ambos fugiram. Depois de um tempo, Bucky ressurgiu e pediu a Nick Fury um emprego. Registrando-se no Superhuman Registration Act (Lei de registro de heróis apresentada no evento Guerra Civil), a Fury atribuiu a ele a proteção do Capitão América. Depois que Rogers é aparentemente assassinado, Bucky toma seu lugar como Capitão América. Mais tarde, é revelado que Rogers ainda está vivo, mas Rogers dá Bucky sua bênção para continuar como Capitão América, e desliga de seu uniforme. Desde então, Bucky alterna entre ser o Capitão América e o Soldado Invernal. A história do Soldado Invernal (embora com diferenças em relação à versão revista em quadrinhos) é o tema do filme, Capitão America 2: O Soldado Invernal.



8 - O adolescente dos quadrinhos favorito da América é morto a tiros?
Agora, chegamos ao inicialmente mencionado Archie Andrews. Então, você pensou que tudo estava completamente limpo em Riverdale? As coisas mudaram! Na edição 36 da de Archie, o próprio Archie morre enquanto frustrava uma tentativa de assassinato contra o seu melhor amigo, Kevin Keller, o primeiro personagem abertamente gay da revista Archie. Archie leva um tiro por Keller e supostamente morre. O  editor da Archie Comics, John Goldwater disse sobre o evento: "Ele morre de uma maneira que simboliza não só o melhor de Riverdale, mas o melhor de todos nós" Talvez seja a hora para alguém em riverdale vestir uma capa e capuz e chutar alguns traseiros.


9 - Os pais cujo assassinato criou o combatente do crime mais emblemático de todos os tempos
Sim, todas estas mortes acima foram certamente chocantes para o leitor, mas você não pode desmerecer o impacto que as mortes dos pais de Bruce Wayne tiveram sobre o menino. Depois de sair de um teatro, Thomas, Martha e o jovem Bruce Wayne foram abordados por Joe Chill. Na tentativa de assaltar o casal que reagiu, Thomas e Martha foram mortos na frente de Bruce, mas o assassino poupou sua vida. Esse evento transformou Bruce Wayne em Batman. Do outro lado da moeda, o assassinato de Homem-Aranha Tio Ben fez Peter Parker usar seus poderes de forma mais responsável. Esta história apresenta uma das frases mais famosas de quadrinhos, "Com grande poder vem grande responsabilidade".



10 - A namorada de um super-herói que foi esquartejada e colocada em uma geladeira
Claro, Kyle Rayner não é o meu Lanterna Verde favorito, mas ele manteve essa posição por um tempo depois de Hal Jordan teve um colapso e pirou. Rayner tinha uma namorada chamada Alexandra DeWitt que realmente o ajudou a colocar sua vida nos trilhos. A felicidade do casal chegou a um fim abrupto quando o supervilão Major Força veio à procura de Kyle. Este Major Força assassinou DeWitt, cortou-a em pedaços e colocou-a na geladeira do casal. Ah, e ele deixou para Kyle um bilhete que dizia: "Surpresa para você na geladeira".  Mas surpresa, mesmo foi anos mais tarde quando ela não só voltou da morte como voltou como uma Lanterna Verde ela mesma. 

Aproveita que você ja esta aqui e assista um dos meus vídeos. É rapidinho!!!
Se gostou, se inscreva em meu canal! Só clicar em "Inscrever" ai embaixo.

←  Anterior Proxima  → Página inicial
Postar um comentário