terça-feira, 16 de junho de 2015

OS 11 PIORES VIZINHOS QUE ALGUÉM JA TEVE



1 - O homem que queimou a casa de seu vizinho
Phillip Bennett Roger não tem paciência com aqueles que deixam a grama ficar muito alta. Na verdade, depois de entrar em uma discussão com o seu vizinho Marty Corbitt sobre seu gramado, Bennett não só deu um tapa na cara Corbitt, mas também incendiou sua casa.
Após a discussão, Corbitt entrou na casa para assistir TV com sua filha quando Kylie Bennett chutou a porta e disse que ele tinha cinco segundos para sair. Alarmado, Corbitt ligou para o 911, e enquanto estava no telefone, seu vizinho voltou com duas latas de gásolina na mão, que ele derramou toda a casa antes de acendê-la.

"As chamas estavam por toda parte. Corri de volta para a sala da minha menina, a agarrei, sai correndo pela porta dos fundos e vi a casa queimando", Corbitt lembrou sobre o incidente. Ele e sua filha conseguiram sair com segurança, mas tudo em sua casa foi destruído.



2 - O homem que contratou um assassino para matar seus Vizinhos
Muitas pessoas não gostam de seus vizinhos, mas é preciso um tipo especial de psicótico para levar as coisas tão longe como o morador do Oregon Jeffrey Wright Leonard fez. Leonard ficou irritado devido a uma disputa de longa data decorrente de um problema de estacionamento. Depois de jogar fezes de cachorro e deixar holofotes apontados para a casa de seus vizinhos e não conseguir levá-los se mudar, então ele tentou simplesmente executá-los. Ele optou por matá-los com a contratando um assassino para jogar seu veículo fora da rodovia. Felizmente, o "matador" foi à polícia em vez de prosseguir com os assassinatos.
Esta não foi a primeira vez que Leonard teve um problema com os seus vizinhos. Ele conheceu o suposto assassino enquanto cumpria pena na prisão por violar uma ordem de restrição de outro morador das proximidades.

A polícia prendeu Leonard e o acusou de ser mandante de assassinato e também por conspiração para cometer assassinato. "Estamos convencidos de que este homem falava sério, e se a nossa fonte não iria concordar em matar por esse cara, alguém iria", disse o sargento. Scott McKee da polícia local.



3 - O home que foi Legalmente foi proibido de entrar em sua própria casa
David Constantine era um mau vizinho de tal forma que ele foi legalmente proibido de voltar pra sua casa. Ele ameaçou os vizinhos, construiu uma cerca de arame farpado entre as duas casas e batia em suas paredes durante toda a madrugada. Ele falsamente acusou seus vizinhos de bater-lhe com uma frigideira e esfaquea-lo no peito, o que resultou na prisão de um homem inocente. O assédio de Constantino era tão intenso que acabou resultando em sua prisão pela tentativa de assassinato de Stefan e Lucy Ward.
A Constantino foi oferecida a oportunidade de ficar fora da prisão, desde que ele vendesse sua casa no prazo de seis meses e não visitasse a propriedade sem um acompanhante. No entanto, quando ninguém quis comprar a casa, o tribunal suspendeu a proibição. Os vizinhos estavam aterrorizados com o retorno de seu algoz, mas o juiz manteve-se firme, dizendo que se Constantine tivesse qualquer contato com eles ou os incomodasse de qualquer maneira, ele seria enviado para a prisão.





4 - O homem que levou seus vizinhos para assistir um jogo com eles pagando sem saber
Você normalmente não chamaria alguém de mau vizinho por convida-lo para assistir um jogo de futebol. Imagine-se, no entanto, olhando a fatura do seu cartão de crédito no final do mês apenas para descobrir que você era quem pagou tudo pois o seu vizinho havia roubado seu cartão de crédito.
Isso é o que aconteceu com Bill e Melissa Callahan, que pensaram que o vizinho era muito generoso em levá-los a um jogo no Tampa Bay Buccaneers. "Mas foi o nosso cartão de crédito, que tinha financiado tudo", disse Bill Callahan.

Até o momento os Callahans descobriram que o vizinho David tinha roubado sua identidade, ele já tinha gastado cerca de US$ 2,969.38 no cartão de crédito. David foi preso por dez acusações de roubo de informações de identificação pessoal, a utilização fraudulenta de um cartão de crédito, roubo qualificado e negociação de bens roubados.

Esta não foi a primeira vez que David foi preso por fraude. Acusações anteriores contra ele não só incluem roubo de identidade e uso de um cartão de crédito roubado, mas também fingir ser um médico e praticar medicina sem licença.



5 - O vizinho que construiu sua própria pista de corrida 24 horas
A maioria dos ganhadores de loteria quer mudar seu estilo de vida para melhor, mas algumas pessoas usam o dinheiro para trazer seu estilo de vida pobre para bairros de luxo. Uma dessas pessoas, Michael Carroll, gastou uma parte de seus 15 milhões dólares ganhos na loteria em uma bela casa de cinco quartos em um bairro chique de Norfolk. Ele então começou a transformar a propriedade em uma pista de corrida de 24 horas para corridas de demolição. Como se a poeira e o ruído não bastassem, ele também insistiu em acendender fogos de artifício e sinalizadores de socorro no meio da noite. Em um ponto, os bombeiros tiveram de ser chamados para apagar um incêndio que eclodiu quando um carro e um micro ônibus incendiaram, levantando nuvens espessas de fumaça sobre toda a vizinhança.
A maioria de seus vizinhos fecharam suas portas e janelas para escapar da poeira e do ruído, mas pelo menos uma família mudou-se para escapar da atmosfera insuportável. A polícia foi chamada 11 vezes em três meses, mas havia pouco que pudessem fazer para impedir Carroll, que tem várias condenações penais em seu registro. Ele simplesmente não estava quebrando nenhuma lei transformando sua propriedade em uma pista de corrida.

Há um lado positivo nessa história, o estilo de vida luxuoso de Carroll não durou muito tempo. Ele agora voltou a viver sua existência anterior de classe média. Ele trabalha em uma fábrica de biscoitos, depois de gastar todos os seus ganhos de loteria em carros de corrida, drogas e mulheres. (Tem mais é que se ferrar mesmo!)



6 - O vizinho que escreveu uma carta dizendo que uma criança deficiente deveria ser sacrificada
Educar uma criança deficiente nunca é fácil, mas é muito mais difícil quando você tem um vizinho monstruoso que lhe envia uma carta informando que você deve "fazer a coisa certa e sacrificá-lo (a criança)" A carta de ódio (foto acima) afirma que o "menino faz um barulho terrível" e que ele "é um incômodo para todos e será sempre assim".
Karla Begley, a mãe do menino autista mencionado na carta, não poderia deixar de chorar quando leu a infame carta. "Quanto mais você lê, pior fica", Begley disse: "Que tipo de gente fala isso sobre uma criança?"

A missiva pretendia expressar os sentimentos de todos no bairro, mas os moradores da região se reuniram em torno Karla e seu filho Max quando ouviram sobre a carta.




7 - A mulher que levou três vizinhos diferentes à Depressão
Conversas sobre as raízes das plantas e podas são bastante comuns entre os vizinhos, mas poucas pessoas estão dispostas a levar as coisas tão longe como Jeanne Wilding. Ela estava disposta a fazer o que fosse preciso para ganhar uma discussão. Suas táticas incluíram jogar óleo no jardim dos outros, depositar animais mortos, e cacos de vidro na entrada de automóveis dos seus vizinhos, bem como apontar câmeras de Circuito diretamente para as casas dos seus vizinhos. Ela também esperou até o meio da noite para tocar no último volume uma música com letras sobre estupro e assassinato. Ela não ficou por aí. Wilding virou holofotes de alta potência para as casas dos vizinhos e danificou os carros de outros moradores.
Wilding era tão desequilibrada e psicopata que seus vizinhos tiveram de procurar tratamento para depressão. Depois de 257 reclamações de 15 pessoas e organizações locais, 30 detenções e uma curta temporada na cadeia, um tribunal proibiu Wilding de tocar música acima de 30 decibéis após 19:00 e instalar luzes ou câmeras de Circuito interno em qualquer área fora de sua própria casa e jardim. Ela também foi condenada a pagar US$ 115,000 em custas judiciais.



8 - O Homem uma corda de forca e uma bandeira confederada em seu jardim da frente
Quando a maioria das pessoas vê um laço e bandeiras confederadas, eles tendem a pensar nas táticas de intimidação da Ku Klux Klan. Robert Tomanovich afirma que ele colocou um laço em sua árvore para homenagear um amigo que se enforcou. Ele explicou que a bandeira confederada foi apenas para comemorar sua herança de sulista. Depois que os vizinhos reclamaram, Tomanovich acrescentou uma segunda corda e  outra bandeira na sua outra propriedade ali perto.
"150 anos depois da morte de Abraham Lincoln, ainda estamos testemunhando esse tipo de atrocidade ... Uma forca e uma bandeira confederada?", Disse o morador Mary Greer.

Apesar moradores terem planejando um boicote dos negócios de Tomanovich, ele e sua esposa se ​​recusaram a pedir desculpas. Sua esposa disse em apoio a seu marido, "não há crime em pendurar uma corda e uma bandeira". ( Fonte )



9 - A Vizinha mais Titica do Mundo
Muitas pessoas dizem que têm vizinhos de baixo nível, mas é difícil encontrar qualquer um que supere a tosqueira de Paula Bolli que despejou 40 jardas cúbicas de cocô de cavalo fresco em seu quintal apenas para acertar as contas com seus vizinhos. Os proprietários Gus e Lucille Midura tiveram problemas com Bolli por quase 25 anos, mas eles não esperavam a chegada de dois caminhões basculantes que descarregaram estrume de cavalo na casa ao lado, atraindo moscas e ratos para sua propriedade. 

O chorume não estava sendo usado como fertilizante uma vez que ela colocou muito em cima da parte cimentada da calçada e não poderia sequer acessar o solo. "Ela está usando fertilizantes como a sujeira, e ninguém sabe se isso é legal", disse Midura, que chamou uma representante da prefeitura da cidade que analisou o assunto, mas não pôde dizer se as leis estavam sendo violadas. "É revoltante", disse um vizinho que não se identificou, "todas as nossas janelas têm que ficar fechadas e o Ar condicionado permanece ligado o tempo todo. O ar cheira a peixe podre."



10 - O homem que construiu "A Grande Muralha de Fleetwood"
Dennis e Sandra Hawes queriam a oportunidade de desfrutar o por do Sol à beira-mar em sua casa, de modo que seguiram todas as leis de planejamento da cidade para construir um terraço no telhado da cozinha. Infelizmente, seu vizinho, Charles Hart, não gostou do fato de que o terraço tinha vista para o seu jardim, então ele construiu o que rapidamente ficou conhecido como "A Grande Muralha de Fleetwood". 

O enorme muro entre as propriedades não só bloqueou a vista dos Hawes mas também atraiu a atenção do Conselho de Borough Wyre, que cuidava do zoneamento do bairro. O conselho ameaçou levar Hart ao tribunal, se ele não demolisse parte da parede pois ele só tinha permissão para construir um muro de 16 pés, mas aumentou-o para quase 28 pés sem autorização.
Hart foi forçado a demolir a parte da parede que excedeu as permissões de planejamento mas ele foi autorizado a deixar o resto em pé. Ainda assim ele conseguiu bloquear uma boa parte de vista do seus vizinhos. Mas que mala!



11 - A Mulher que listrou por puro rancor uma casa de US$ 23 milhões de dólares
Quando a proprietária de uma casa de US$ 23 milhões em uma das áreas mais caras de Londres perdeu uma disputa de planejamento, ela protestou pintando as listras vermelhas em toda sua residência. A proprietária que é corretora imobiliária queria demolir sua casa e transformá-la em um prédio de cinco andares com um mega-subterrâneo tipo batcaverna que abrigaria uma piscina e uma sala de cinema subterrâneos.
Os vizinhos protestaram contra a conversão, acreditando que a construção pode levar a problemas estruturais nas propriedades que cercam a casa. Como perdeu a disputa judicial, mas ainda é dona da casa, há pouco que pode ser feito para forçá-la a mudar a decoração berrante pois ela não viola qualquer lei. Exceto a lei do bom gosto, talvez.







Aproveita que você já esta aqui e assista um dos meus vídeos. São bem legais!!!


Se gostou, se inscreva em meu canal! Só clicar em "Inscrever" ai embaixo.

←  Anterior Proxima  → Página inicial
Postar um comentário